Desde que eu comecei a fazer as aulas de dança de salão, a cada aula eu me surpreendia com a facilidade que eu pegava os movimentos e a facilidade que era conduzir as damas. Como eu nunca havia dançado antes, eu pensava que iria ser difícil começar a dançar.

Bem, até a aula de ontem não foi.

Eu ainda estou pensando qual foi o motivo, deve ser porque o “Caio personal dancer” não veio, e só ficou o “Caio Zen”. Normalmente no começo da aula eu demoro uns 3 minutos até relembrar todos os movimentos e começar a dançar e conduzir normalmente e com facilidade.

Ontem foi diferente, eu demorei muito para lembrar de todos os movimentos de forró que haviam sido ensinados, e se eu prestava atenção no movimento, eu esquecia de conduzir! Depois de 2 ou 3 danças, parecia que estava tudo ok, e então veio o movimento novo, em que a dama faz o giro.

E esse foi complicado de eu pegar. Muito complicado. Mas acho que eu peguei o jeito, depois de despentear todas as mulheres do salão, pois eu não levantava o braço suficiente para elas fazerem o giro!

Vou tentar praticar nessa semana, para pegar o rítimo do giro. Eu só consegui pegar direito o tempo do movimento quando a Luciana colocou números no meio, para contar o tempo. Então eu entendi o que eu estava fazendo de errado.

O outro problema era eu entrar no rítimo das músicas. Se vocês entrarem no meu perfil do last.fm, vão ver que as músicas que eu fico escutando o dia inteiro não chegam nem perto de se parecer com forró ou samba, então até eu entrar no rítimo da música demora um pouco 😛
Nesse caso ocorre uma enorme contradição, pois eu não me vejo (e não quero!) ficar ouvindo forró boa parte do dia para conhecer as músicas e seus rítimos.

Agora é só esperar até a próxima aula na segunda que vem! E arrumar alguem para treinar até lá.